Não é isso que você está pensando, não vou escrever um poema de minha autoria aqui, nem tampouco publicar algum dos meus favoritos, até porque não sou muito conhecedor de poesias, poemas, poetas, estilos e épocas, seus significados e afins. mas gostaria. Na verdade, nem sei muito bem oque dizer a respeito, afinal de contas escrever é um dom (autor desconhecido), e escrever sobre alguma coisa também é. Gostaria de conhecer mais a respeito, a história recheada de detalhes, contada pelas mentes e mãos, tendo em vista que foram escritas, daqueles que, como ninguém, sabiam usar as palavras. Talvez até muitas coisas que lemos sejam mentira, fantasia ou exagero. Mas a verdade é que sempre nos ludibriamos com essas belas palavras organizadas de uma forma incomum que chamamos de poesia. E não só dos autores dos séculos passados, mas dos dias atuais também.  Que mulher não se derrete toda com uma bela poesia recitada ao pé do ouvido, ou em um jantar à luz de velas, (não se fazem mais homens como antigamente, que saudade hein dona Maria do tempo que o maridão fazia isso em mil novessentos e coca-cola-de-rolha, coisa que as mocinhas de hoje em dia não tem ideia de como seja, que vai muito além daquelas palavrinhas piegas que seu namorado fala no orkut). “Quem não aprecia poesia, não sabe que ela é uma grande arma de sedução” (Lex Luthor). Enfim, muito se pensa, pouco se sabe, meu caso a respeito de poesia.

Então para concluir, o Dollar-EUA fechou ontem (24/11/2009) em R$ 1,7274 para compra e R$ 1,7282 para venda.

"O amor é uma dor, é um tédio sem remédio" S2

“Fala demais por não ter nada a dizer” (Renato Russo). meu caso agora!

Anúncios