Não foi culpa minha! Mas não consigo postar fotos no blog, restringindo assim alguns posts que já estavam no ponto de serem publicados. #fail. Mas enfim, para que isso aqui não fique jogado às moscas, ou às baratas se preferir, resolvi abordar o assunto do momento. Clima. (eu faço parte do Greenpeace pra quem não sabe). Mas é como costumam dizer, se não tem nada pra falar com a(o) garota(o) na hora da paquera, fala de como está o tempo. Nunca funcionou pra mim. E o Acre é campeão em mudanças drásticas de clima. Começa nublado e frio, chove e faz um calor de 39 °C, depois esfria de novo, tudo isso antes das 19:00h, já que 18:00h ainda ta fazendo sol! Vai entender. Fim dos tempos, 2012 está próximo!!!

 

(aqui eu colocaria uma foto do filme 2012 pra ilustrar, de preferência aquela do Cristo Redentor sendo devastado)

 

Mas por opção eu prefiro dias frios ou com chuva. As pessoas parecem mais calmas e tranquilas, homens e mulheres se vestem melhor (não que eu não goste de uma mina com uma mini/micro-saia e um decote das costas ao umbigo passando pelo busto). Mesmo com as restrições que um dia chuvoso proporciona, sair, andar de moto (que eu já não ando usualmente), ir para uma festa, ir ao banco, jogar tênis, soltar pipa, caçar borboletas, etc., há muitos prós em ficar em casa ou mesmo no trabalho, a concentração aumenta naquilo que você está fazendo (ou deveria fazer), dormir (nesse caso só em casa, não faça como eu), conversas são mais produtivas quando “lá fora a chuva cai”. Sem mencionar que correr nu na chuva é muito prazeroso. Possa ser que só eu pense ou faça essas coisas, mas a chuva tem todo um significado por trás do simples fenômeno de água que foi evaporada pelo sol e que formaram nuvens para depois cair de novo. E também prefiro porque eu acho bonita a chuva caindo, simples.

 

(aqui eu colocaria uma imagem que já postei aqui anteriormente, que é em preto e branco uma mulher olhando pela janela de vidro e a chuva caindo e escorrendo pelo vidro)

 

Mas os dias ensolarados nos proporcionam muito, muito mais coisas pra fazer, praia, pescaria, churrasco, passeios, trilhas, cavalgadas, jogar bolinha de gude, escalar um prédio usando as próprias mãos, enfim, uma infinita lista de coisas pra fazer em um dia limpo e bonito. Mas um sol de meio-dia e você no trânsito, espero sinceramente que o ar-condicionado e o som do seu carro estejam muito bem para você não surtar. Pra quem anda de ônibus, ultimamente, não importa a hora, a luz do sol faz cada minuto parecer sete, tornando assim insuportável estar dentro do ônibus, esperando ou saindo dele. As pessoas ficam mais agitadas pela manhã, isso pode ser bom, se esse agito fosse para melhorar o mundo ou para resolver os próprios problemas. Mas tal agitação acaba fazendo pessoas com menos instrução (os ignorantes) ficarem agressivos, e como de costume, nós que trabalhamos “sempre tranquilos”, acabamos perdendo o “bom humor”. Trabalhos ficam mais cansativos. O planeta Terra não pára de aquecer, e peculiarmente, o Acre tem a enorme facilidade de mudar do sol escaldante de deserto para um frio que seria confortável se viesse pré avisado. Quem não está acostumado com essa mudança climática repentina, fica logo doente. Enfim, um dia de sol, é um dia de sol, lista de coisas para fazer não falta.

 

(aqui eu colocaria uma imagem de alguém na praia)

 

Mas olhemos para o lado bom da vida, faça chuva ou faça sol sempre dá pra fazer coisas boas que te façam feliz. Aproveite a vida, plante uma árvore, leia um bom livro, faça novas amizades ou reate amizades que estão distantes, faça uma boa ação, etc.

 

O dia tem que ser bom independente do seu clima!

Anúncios