O amor ao redor do mundo

Costumes variam muito entre as várias culturas, mesmo quando se trata de demonstrações de afeto. Por isso é necessário conhecer os hábitos em outros países para evitar gafes internacionais. Os japoneses, por exemplo, não beijam em público; e os esquimós substituem o beijo esfregando os narizes. Já em certos países da Europa, o beliscão no traseiro das mulheres é considerado galanteio. O tenor italiano Enrico Caruso, que não sabia que esse não é um hábito universal, foi preso em 1906, nos Estados Unidos ao tentar agradar uma moça. Na europa também é comum encontrar países onde o selinho é comum como saudação, tanto entre homens e mulheres, mulheres e mulheres, homens e homens. E não só na europa, Hebe Camargo que o diga. Nossos hermanos também são bem receptivos quando o assunto é homem beijar homem (sem homossexualidade).

enfim...

 Nada contra, mas prefiro o “beliscão na bunda das mulheres como forma de galanteio”.

Anúncios