Etiquetas

, , ,

EU NÃO SEI FAZER POESIA, MAS QUÊ?!
Eu não sei fazer poesia, e não sou o primeiro a dizer isto
Mas a inspiração não vem apenas aos poetas
Um argumento sem controvérsias
Em meio a tantos poetas anônimos, e outros tantos não assumidos
Me disfarço como um pensador e me coloco como um admirador
Das poesias que leio e das ideias que em meio
A tantas descorbertas de um mundo totalmente previsível
Cometo o erro que sempre julguei inadmissível
Que é o erro de acabar sendo igual
Aos outros errantes que não souberam mudar o seu final.

Olhar pra trás mas continuar seguindo em frente!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
ERRAR É MAIS HUMANO QUE PERDOAR, POR ISSO ENTENDO VOCÊ AINDA ME ODIAR
Errar é humano, perdoar é divino, então deveria eu errar mais e perdoar menos?
E como poderia eu, mero mortal saber lidar com o perdão que é celestial?
O mais próximo de Deus que eu vou chegar vai ser se um dia eu souber perdoar
Mas no entanto, até quando Ele vai me perdoar por ser humano?
Erros não são apagados, aprendi com a vida dos errados
Mas o que posso fazer pra alguem que não quer o meu pedido de perdão atender?
Não posso fazer que entenda que meus erros só o passado ostenta
Que não se repetirão, que pessoas mudam e ainda mudarão
Um dia quem sabe, se a esperança não morrer
As coisas voltem como eram antes, ou iniciem juntos um novo amanhecer.

Lubomir Bukov - Shadows of Past (sombras do passado)

Olhando a imagem acima… se não dermos uma nova chance, um dia perceberemos o que deixamos pra trás.
Anúncios