Por onde anda a

O motivo da minha pergunta: Estava folheando uma revista VEJA antiga, 2003 para ser mais exato, e me deparei com 6 páginas frente e verso de propaganda da Gradiente (em um estilo até interessante mas um pouco cansativo). Sem contar com as outras páginas simples (uma página só) espalhadas no começo e no final da revista. Totalizando aproximadamente umas 9 ou 10 páginas de propaganda. E como todos nós sabemos (ou não) não é tão barato um espaço desses em uma revista de grande circulação como a VEJA.

Se você não se impressionou, você é assinante da revista VEJ ou conhece a história da Gradiente e acompanhou seu declínio.

Movido por essa questão, procurei saber o que houve com a empresa referida:  “Desde o início de 2007 , a Gradiente enfrenta uma grave crise econômica, com uma dívida estimada em R$ 280 milhões. Devido a crise, a empresa suspendeu temporariamente o atendimento de alguns postos autorizados devido a pendencia de peças para reparo.”

Mas nem tudo está perdido: “A Gradiente planeja retomar as atividades de sua fábrica na Zona Franca de Manaus, com previsão do reinício das atividades para o primeiro semestre de 2011.”

Fonte: Wikipedia.

Ajuda aí vai. Gradiente.

Anúncios