Estrelando HEATH LEDGER

Heath Ledger nasceu em Perth, Austrália Ocidental em 4 de abril de 1979,  mas se muda para os EUA. Na sua adolescência ele se torna um misterioso bad-boy, mas por trás de todo o mistério, ele aceita uma aposta de um amigo que é conquistar a menina mais insuportável do colégio, Julia Stiles, famosa por desprezar os garotos do colégio. Apesar de ser apenas uma aposta, acabou fazendo com que ela se apaixonasse e se apaixona também.

Mas tamanho mistério foi revelado anos depois quando, já jovem e maduro, foi trabalhar nos campos do oeste com seu amigo Jake Gyllenhaal pastoreando ovelhas na montanha de Brokeback, revelando seu lado homossexual, bissexual para ser mais exato.

Depois dessa experiência e ainda confuso, após desenvolver a habilidade de cavalgar, Ledger decide participar de um torneio aberto de “justa” (competição que consiste em uma disputa de cavaleiros armados com lanças). Sagrou-se campeão do torneio principal derrotando o favorito e se tornou um nobre conhecido.

Mesmo com o título de nobreza, Heath começou a praticar um esporte, que na época era visto com maus olhos pela sociedade, o skateboard. Disposto a mudar a imagem desse esporte, junto com dois amigos revolucionaram a categoria, e se tornaram lendas, atraindo centenas de novos praticantes, e mudando a imagem do esporte que passou a ter mais espaço na mídia, com patrocinadores em eventos e competições importantes.

Tanta fama o levou a conhecer Matt Damon, que era um apaixonado por literatura e contos, e sonhava ser escritor. Juntos escreveram várias histórias, contos, fábulas que são bastante conhecidas na literatura infanto-juvenil.

Sua beleza e charme atraiam todas as mulheres que ele desejava, exceto Sienna Miller, que o rejeita. Não acostumado com o desprezo feminino, Heath fica profundamente intrigado e aficionado por ela. Passa a usar todos os disfarces e estratégias possíveis para conquistá-la. Ficou então conhecido como Casanova.

Foi então, anos depois, que ele conheceu a bela Abbie Cornish, tornou-se poeta, área que chamava sua atenção desde os tempos dos contos de fábula. Apaixonado, começou a envolver-se com drogas juntamente com sua amada. Uma fase turbulenta em sua vida.

A partir disso, perdendo totalmente o senso, torna-se uma pessoa rude, cruel, sarcástico e com zero de empatia. Passa a cometer crimes e debochar deles usando humor negro. Faz inimizades, e seu principal desafeto é um milionário que gostava de fantasias não usuais, Christian Bale. Psicótico e anarquista (“Eu sou um agente do caos.” e “Introduza um pouco de anarquia.” foram duas de suas frases que repercutiram, de forma negativa, na mídia mundial), passou a ter uma vida conturbada.

É aí que a trupe do doutor Christopher Plummer o encontra pendurado num cabo da ponte Blackfriers, em Londres. Depois de salvo, o vigarista com sérios problemas com a máfia russa, excelente contador de histórias e cafajeste sedutor coberto de uma aura misteriosa, se junta ao grupo e embarca numa viagem por mundos paralelos, disposto a ajudar Christopher a resgatar sua filha, Lily Cole.

Mas como nem toda história da vida real tem final feliz como em suas fábulas e poemas, essa vida conturbada e abusiva de drogas o levou a morte prematura por overdose.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas iremos sempre lembrar a grande pessoa que ele foi, e seus bons feitos.

por: Otis Keener

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

ps.: Sempre fui grande fã desse ator. Pode não parece mas é uma homenagem.

Anúncios