Coisas fúteis tiram o tempo, tiram o tempo que poderia ser preenchido por coisas úteis.

Me assusto o quanto eu começo a entender por que meus pais sempre falam sobre isso.
O tempo vai passando e eu começando a gostar de coisas que eu não gostava, me vestir como eu não gostava, pensar em coisas e perceber que isso era o que meus pais sempre diziam. Os conselhos que ouvimos quando crianças, adolescentes e mesmo já jovens que não damos a mínima, pelo menos eu não dava, começam a fazer sentido. Alguns chamam isso de amadurecimento. Mas pra mim, ainda falta muito pra amadurecer.

O tempo tá passando e eu preciso agir.

Anúncios